sábado, 5 de novembro de 2011

Temperaturas de forno



A maior parte dos fornos modernos possuem termóstato para manter a temperatura constante pelo período de tempo que se desejar, no entanto, e na falta deste pode utilizar-se um termómetro de forno.
È conveniente ligar o forno com antecedência e deixar a porta aberta nos primeiros dois minutos para dissipar qualquer cheiro que tenha ficado do cozinhado anterior.
Se o cozinhado já apresenta uma boa cor mas ainda não está no ponto de servir, utiliza-se uma folha de alumínio ou uma folha de papel vegetal untada ou humedecida para cobrir até estar pronto.


-- FORNO BRANDO (135º a 163º)
Merengues, suspiros, macarons, bolos leves, tais como: bolos chiffon, bolos de anjo, bolos esponja.

-- FORNO MODERADO (163º a 190º)
Peru, galinha. Frango, peixes, estufados, pudins de carne ou peixe, iguarias cozinhadas em banho-maria, caça, bolos grandes de massa densa de ovos e de amêndoa.

-- FORNO MEDIANAMENTE QUENTE (190º a 218º)
Tortas, queques, bolos pequenos.

-- FORNO QUENTE (218º a 246º)
Soufflés, assados em sangue, ovos para coalhar, biscoitos, bolachas, scones, pastelaria em geral.

-- FORNO MUITO QUENTE (246º a 260º)
Gratinados e tostados, massas folhadas, pães.


Notas:
Não é conveniente utilizar produtos de cheiro activo para a limpeza do forno, pois os cheiros podem permanecer neste e assim alterar o aroma dos alimentos. É preferível utilizar um pano húmido enquanto o forno está quente, principalmente se tratar de pingos de gordura, que para além de odores provocam fumos.
Fonte: "O livro de pantagruel"

Sem comentários:

Enviar um comentário