domingo, 13 de janeiro de 2013

Suflé de bacalhau



O suflé é delicado. Requer atenção e cuidados. Esconde no seu ar superior uma certa timidez que não se coaduna com mudança de ambientes. Gosta do conforto do ar quente e arrepia-se ao primeiro sopro de frio. A sua textura não se dá bem com esperas nem demoras. Assim que sai do forno, começa a esconder a sua graça. Por isso, o melhor é servi-lo logo!

Esta receita foi feita para a revista Saber Viver de Dezembro de 2012.

Ingredientes:
1 posta de bacalhau grande
120 g de cebola picada
2 dentes de alho
75 g de manteiga sem sal
45 g de farinha de trigo sem fermento
3 dl de leite
3 ovos
1 colher de sopa de mostarda Dijon
sal e pimenta preta q.b.
manteiga para untar a forma de suflé


1. Limpar o bacalhau de peles e espinhas. Colocar o bacalhau desfiado num almofariz e com o pilão esmagar muito bem de modo a obter uma pasta.

2. Levar um tacho ao lume com a manteiga, a cebola e os dentes de alho bem picadinhos. Deixar refogar até a cebola ficar transparente.

3. Juntar o bacalhau e mexer muito bem. Polvilhar com a farinha e mexer.

4. Regar com o leite, mexer e deixar engrossar um pouco. Temperar com sal e pimenta preta a gosto.

5. Fora do lume adicionar ao preparado 3 gemas batidas com a mostarda.

6. Bater as claras em castelo com uma pitada de sal.

7. Envolver as claras no preparado anterior.

8. Levar o suflé ao forno pré-aquecido a 200ºC, numa forma untada com manteiga, durante 20 minutos.

9. Assim que retirar do forno, servir de imediato.


http://www.cincoquartosdelaranja.com/search?updated-min=2013-01-01T00:00:00Z&updated-max=2014-01-01T00:00:00Z&max-results=7

Sem comentários:

Enviar um comentário